Apresentador do Globo Esporte desabafa após pedir demissão

© Reprodução/Globo Esporte O apresentador se demitiu ao vivo neste sábado

O jornalista Kaio Cézar usou sua conta no Facebook para explicar o motivo do seu pedido de demissão ao vivo no “Globo Esporte” do Ceará deste sábado, 16. No texto de desabafo, o apresentador, que estava há mais de 11 anos no Sistema Verdes Mares, disse que o principal culpado por sua atitude seria o diretor Paulo César Norões, e relatou que se sentia perseguido e desprestigiado. “Arrogante, ele nunca soube lidar com quem pensa diferente, principalmente os que julga inferiores. E eu, por ter raízes, convicções – políticas e esportivas – e personalidade extremamente opostas nunca fui respeitosamente aceito por ele. Lembro-me que um dia, no meio de uma reunião do esporte, quando era nosso editor-chefe, mandou-me ‘tomar no cu’ por ter discordado dele.

Curioso é que pouco antes, quando eu ainda estava na TV Diário, outra emissora do SVM, ele havia tentado me barrar da cobertura da Copa das Confederações sob a alegação de que eu era ‘tímido demais’, nas palavras do diretor Roberto Moreira, diretor da TV Diário”, escreveu. Segundo o jornalista, Norões teria boicotado suas possíveis apresentações de telejornais e narrações da empresa.

Ele ainda afirmou o diretor ofendeu sua família. “Em meio a tantos fatos que configuram perseguição, certa vez PC Norões se dirigiu a mim e proferiu ofensas à minha família que não as repito aqui porque tenho dois filhos, entre eles uma enteada, e poderia expor pessoas que não tem nada a ver com a história. Só adianto uma coisa, não tem nada a ver com traição da minha mulher, como inventaram de ontem para hoje. E foi assim que pouco a pouco me escantearam, sem qualquer pudor ou respeito por mim, um profissional que se dedica há tanto tempo à mesma empresa, e que foi avaliado como sendo de ‘bom caráter’ ao ser promovido de uma emissora a outra dentro do SVM”, declarou.

Ainda de acordo com Kaio, seu salário chegou a ser reduzido e sofreu sérios problemas emocionais durante a copa da Rússia. “Fora dos jogos do PFC, passei a não receber mais cachês – que, por sinal, já avisaram que não serão mais pagos aos profissionais que trabalharem neste ano; fora da rádio, meu salário foi reduzido em quase 3 mil reais, sem falar no corte das horas extras. Quanto ao desgaste emocional, as pressões me deixaram no chão.

Na Rússia, encarei uma crise emocional tão dura que, por Deus e pelas pessoas que amo, reconsiderei fazer o pior.” A direção do Sistema Verdes Mares, que opera a TV Verdes Mares, se pronunciou sobre o ocorrido e informou que desconhece os motivos que levaram Kaio Cézar a se demitir ao vivo. “O Sistema Verdes Mares foi surpreendido, na tarde deste sábado (16), com o pedido de demissão do jornalista Kaio Cézar, ao final da apresentação do ‘Globo Esporte’, na TV Verdes Mares.

Diante da repercussão do fato, o Sistema Verdes Mares esclarece que desconhece os motivos da decisão do apresentador e que vai tratar o assunto internamente, pelos canais adequados, como é prática na empresa. Reitera, ainda, que rege toda a atividade desde a sua fundação, há quase 50 anos, pela correção ética, por valores morais e pelo diálogo”, diz a nota.

Fonte: MSN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *