Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O paciente ficou no camarote, de onde pode aplaudir e se emocionar com a colação de grau do filho

Uma equipe de médicos do Hospital Santa Isabel, de Blumenau, Santa Catarina, montou uma verdadeira operação logística para levar um paciente, internado na UTI há dois meses para o dia mais feliz da vida dele.

O paciente, que não teve o nome divulgado pelo Hospital foi assistir a formatura do filho, graças ao projeto chamado “O que Importa para Você?”.

A equipe da UTI com médicos, enfermeiros, psicóloga e fisioterapeutas deslcoaram o paciente até o Teatro Carlos Gomes, local da festa.

E tudo era uma surpresa. O paciente não sabia da organização para a saída da UTI.

O Serviço de Psicologia do Hospital Santa Isabel entrou em contato com a comissão de formatura que fez a ponte entre o HSI e a empresa organizadora da colação de grau.

Eles prepararam um camarote especial, para que o homem sob os cuidados médicos pudesse ficar mais à vontade.

Ele foi levado até o Teatro Carlos Gomes de ambulância.

Lá pode ver, além da colação de grau do filho, junto com a família.

O paciente ficou no camarote, de onde pode aplaudir e se emocionar com a colação de grau do filho.

Durante a cerimônia, o formando sai do seu lugar de destaque e foi até o pai. Neste momento o paciente lhe entrega um presente: o anel de formatura.

A coordenação do hospital acredita que vale a pena oferecer cuidados paliativos pensando sempre além da saúde física, mas também da saúde emocional.

Ter participado desse momento foi maravilhoso. Amenizar a internação e proporcionar um momento entre família para um paciente internado é gratificante. Orgulho e emoção durante a colação, estampados no rosto do paciente, fez ver mais ainda o quanto é importante cada momento com nossa família”, revela a psicóloga Ana Claudia,

“A enfermeira Scheila diz que, “enquanto profissionais, sabemos que isso não é suficiente, mas temos certeza de que podemos ir além dos cuidados de UTI. Conseguimos transformar este tempo de internação, nem que por um curto período, menos difícil e mais humano. O que importa para o paciente é o que importa para nós.”

A Dra. Ana Carolina, residente de Neurologia Clínica, enfatiza que a morte dá sentido à vida.

Para ela, “a rotina de cuidar de pacientes em sua fragilidade presenteia com a oportunidade diária de ressignificar a vida. O que importa para o paciente pode se tornar um presente a quem cuida por pura empatia.”

Projeto

“O que importa para você?” é uma ação realizada pelo instituto norte-americano Healthcare Improvement, desde 2010.

O objetivo é aprimorar o cuidado de saúde e a assistência social, ouvindo o paciente e realizando o que realmente importa.

Os profissionais se esforçam, na medida do possível, a realizar algum desejo do paciente, seja comer uma pizza ou ir até a formatura do filho.

Ações como esta tornam os cuidados hospitalares mais humanizados, proporcionando ao paciente momentos que vão além da rotina hospitalar.

Fonte: 015 – Sonoticiaboa

Compartilhe:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *