Iguatemi – Homem é preso após simular suicídio da namorada que matou enforcada

Vítima estava desaparecida desde terça-feira (19) quando foi visitar o suspeito

Vergílio Losa, de 52 anos, foi preso nesta quinta-feira (21) depois de simular o suicídio da namorada, de 47 anos, que ele possivelmente matou enforcada no Assentamento Colorado em Iguatemi, cidade a 466 quilômetros de Campo Grande.

A Polícia Civil se deslocou ao local depois que um funcionário da Funai (Fundação Nacional do Índio) ligou informado que haviam achado uma mulher morta na região. No assentamento, de fato a vítima foi encontrada ajoelhada e com marcas de corda no pescoço ao lado de uma cerca no lote que pertence ao suspeito. Virgílio, no entanto, alegou que não a conhecia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele disse aos policiais que saiu bem cedo para roçar o pasto e ao retornar encontrou o corpo da mulherm próximo a uma mata. Ele teria ido a casa de um vizinho pedir ajuda e que também foi até o local, mas desconfiou da situação ao perceber que apesar de estar com a corda no pescoço, as pontas estavam apenas afixadas num fio de arame, desamarradas e presas com duas voltas.

Na presença do outro morador Vergílio ainda tirou o laço do pescoço da vítima, simulando que queria ver se ela estava mesmo morta. Contudo e por ter alterado o local do crime, os policiais passaram a questionar o homem sobre o que poderia ter ocorrido.

O corpo estava em um local de onde não era possível ser visto tanto da casa do suspeito, como do local onde ele supostamente falou que estava roçando. Segundo o Tá Na Mídia Naviraí, diante dos questionamentos, Vergílio começou a se contradizer e disse que na verdade conhecia a vítima, mas “só de vista”.

Após algumas perguntas ele confessou que namorou a mulher, mas que estava separado há algum tempo, e negou tê-la matado. No entanto, à polícia os pais da vítima contaram que ela saiu de casa na data de terça-feira (19), para ir até o lote de Vergílio e que deste então não era mais vista. Por conta dos indícios, Virgílio foi autuado em flagrante por feminicidio.

Fonte: CG News

Compartilhe:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *