Disponível para motoristas, Carteira Digital ainda tem baixa adesão em MS

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Além da e-CNH e do e-CRLV, condutores podem ter diversos recursos na palma da mão

A comodidade de ter a carteira de motorista armazenada no celular está disponível há pouco mais de um ano, mas nem todos os condutores aderiram à e-CNH. Da mesma forma a e-CRLV, a versão digital do documento do veículo, também não ainda não teve grande adesão. Ambas substituem a versão em papel dos documentos.

A e-CNH está disponível para os condutores sul-mato-grossenses há pouco mais de um ano, mas segundo dados do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), apenas 23,4 mil condutores têm a versão digital da CNH, o que representa apenas 5,85% dos cerca de 400 mil motoristas aptos a aderirem ao formato – ou seja, aqueles que tem a carteira de identificação com QR Code. O total de CNHs no Mato Grosso do Sul é de pouco mais de 1,19 milhões.

Já, a e-CRLV que, é a versão digital do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo), foi liberada em 27 de dezembro do ano passado e já conta com cerca de 30 mil documentos armazenados no celular. O número representa 2% entre o total de 1,5 milhões de veículos da frota do Estado.

Para ter os documentos de motorista e do veículo no celular, basta baixar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, que está disponível tanto para iPhone como para Android. Ao abrir o app, o usuário deve entrar com dados pessoal para realizar o cadastro e aceitar o Termo de Responsabilidade. Em seguida é necessário acessar o e-mail e clicar no link enviado pelo Portal de Serviços do Denatran que vai ativar o cadastro. Para o primeiro acesso, digite o CPF e, em seguida, a senha digitada no cadastro. Haverá as opções de incluir a CNH e o CRLV. Consulte os tutoriais da Serpro, empresa que desenvolveu o aplicativo, para saber como incluir os documentos.

Mas a tecnologia não para por aí. Pelo aplicativo Detran MS Mobile os condutores podem realizar diversas consultas, como pontuação da CNH e débitos, com a possibilidade de gerar as guias, copiar os códigos de barra e já realizar o pagamento se o usuário utilizar o banco pelo celular. O aplicativo pode ser instalado tanto em iPhones como celulares Android. 

Facilidades – Segundo Robson Roberto Duarte Alencar, diretor de TI (tecnologia da informação) do Detran-MS, o “foco da administração é evitar ao máximo que o cidadão precisa ir até uma agência. Tudo que podemos colocar online, nós colocamos’.

Pelo site CNH Ágil já é possível escapar de algumas filas na hora de renovar a carteira de motorista. Basta confirmar os dados, escolher uma das unidades do Detran, gerar e pagar a guia. De acordo com as instruções, o banco efetua a baixa do pagamento em 30 minutos.

Depois é só escolher data e horário para realização do exame, imprimir o agendamento e questionário médico. O condutor então deve comparecer à unidade do Detran na data agendada com o questionário médico preenchido e assinado. Em Campo Grande o usuário deve chegar com 30 minutos de antecedência para a captura da imagem. Na data informada é só retornar à agência para assinar o protocolo e retirar a CNH.

Outro aplicativo para motoristas é o SNE (Sistema de Notificação Eletrônica) que, além de, mediante permissão, enviar notificações de multas e vencimentos, permite o pagamento de multas com 40% de desconto. Entretanto, a ação retira a possibilidade de recurso. O app está disponível para celulares Apple e com o sistema operacional Android.

Robson adianta que novos recursos devem ser incluídos, ainda sem data prevista. O agendamento médico e os gravames de multas são duas das ferramentas citadas pelo diretor de TI.

Fonte: MS News

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *