MPMS investiga suposto esquema de fraude em licitação na Câmara de Ponta Porã

Inquérito correrá na 1ª Promotoria do Patrimônio Público de Ponta Porã

O MPMS (Ministério Público Estadual) instaurou inquérito civil a fim de apurar denúncia de suposta fraude a procedimentos licitatórios na Câmara Municipal de Ponta Porã, que teriam ocorrido entre 2012 e 2018. As informações estão no DOMP (Diário Oficial do MPMS) desta segunda-feira (1º).

Conforme o edital que instaura o inquérito, as eventuais fraudes estariam relacionadas à participação de empresas pertencentes ao mesmo grupo empresarial, nos anos mencionados. A denúncia cita, inclusive, reajustes anuais de 100% nos contratos, que já seria superfaturados.

A denúncia também detalha que o esquema em Ponta Porã se assemelharia ao investigado nas Operações Pregão e Cifra Negra, que investigaram vereadores e servidores municipais em Dourados por organização criminosa, com fraude em licitação, dentre outros crimes.

A investigação correrá no inquérito 06.2019.00001183-8, na 1ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Ponta Porã, sob o comando da promotora de Justiça Gisleine dal Bó.

Foto Destaque: Divulgação

Fonte: Mídiamax