Dourados chega a 20ª morte por Covid-19

Homem de 77 anos teve morte pela doença confirmada nesta tarde; a 67ª do Estado

Um homem de 77 anos, morador de Dourados, é a 67ª vítima da Covid-19 em Mato Grosso do Sul e a 20ª no município, epicentro da doença no Estado. A morte pela doença foi confirmada na tarde de hoje pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

De acordo com a SES, o homem não tinha nenhuma comorbidade e estava internado no Hospital Evangélico de Dourados desde o dia 17 de junho. Ele estava com quadro de pneumonia grave e teve piora no estado de saúde nesta quinta-feira (25), quando veio a óbito.

Pela manhã, a secretaria já havia confirmado quatro novas mortes, somando 66. Com o falecimento do empresário do idoso, o número de óbitos saltou para 67, sendo 20 em Dourados, sendo um douradense que morreu no Tocantins, oito em Campo Grande,  5 em Três Lagoas, 2 em Batayporã, 2 em Paranaíba, 2 em Vicentina, sendo que um faleceu no Estado de São Paulo, 2 óbitos de Brasilândia, 3 em Itaporã, 1 em Iguatemi, 2 em Rio Brilhante, 1 em Sidrolândia, 2 em Ponta Porã, 6 em Corumbá, 1 em Douradina, 1 em Deodápolis, 1 em Anastácio, 1 em Itaquiraí, 2 em Guia Lopes da Laguna, 1 em Glória de Dourados, 1 em Naviraí ,1 em Fátima do Sul, 1 em Amambai e 1 em Nova Andradina.

Com mais 390 exames positivos para o novo coronavírus (Covid-19) nas últimas 24 horas, o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 6.913. Deste total, 3.216 estão em isolamento domiciliar, 3.468 estão sem sintomas e já estão recuperados e 166 estão internados, sendo 105 em hospitais públicos e 61 em hospitais privados. Dois pacientes internados são procedentes de fora do Estado.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 39.409 notificações de casos suspeitos da coronavírus em Mato Grosso do Sul. Destes, 28.783 foram descartados após os exames darem negativo para Covid-19, 21 foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde e 1.987 exames aguardam resultado do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Com informações do Correio do Estado