Com mais uma morte, MS fecha junho com quase 8 mil casos confirmados de coronavírus

Na manhã desta terça-feira (30), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou o boletim epidemiológico do coronavírus, confirmando mais 289 casos de coronavírus em Mato Grosso do Sul. No total, 7.965 pessoas foram infectadas pela doença em MS.

Os últimos casos confirmados são residentes em Campo Grande (140), Dourados (49), Rio Brilhante (10), São Gabriel do Oeste (8), Corumbá (7) e Caarapó (6). Somaram cinco novos casos cada, os municípios de Fátima do Sul, Naviraí e Três Lagoas. Enquanto, Aparecida do Taboado, Glória de Dourados e Mundo Novo tiveram mais quatro confirmações cada.

Confirmaram mais três casos cada, os municípios de Bataguassu, Batayporã, Coxim, Douradina, Nova Alvorada do Sul e Ponta Porã. Em Chapadão do Sul, Ladário, Maracaju, Nova Andradina, Rio Verde de Mato Grosso, Sidrolândia e Sonora foram confirmados mais dois casos da doençaem cada um. Já Anastácio, Angélica, Aquidauana, Brasilândia, Caracol, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Itaporã, Itaquiraí, Jateí, Porto Murtinho, Rio Negro e Terenos tiveram mais uma confirmação cada.

Do total de pessoas infectadas pelo coronavírus em Mato Grosso do Sul, 4.387 são consideradas recuperadas e 3.322 estão em isolamento domiciliar.

No Estado, 183 pacientes estão hospitalizados devido à doença, 91 em leitos clínicos e 92 e UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Ainda há duas pessoas internadas no Paraná, uma em leito clínico e outra em UTI.

Até esta terça-feira, o boletim registrou 76 óbitos por covid-19, o último inserido trata-se de um homem de 61 anos, morador de Ponta Porã.

Entretanto, o Secretário de Saúde, Geraldo Resende informou durante a transmissão ao vivo que ocorreram mais mortes por coronavírus durante à noite no Estado, mas o boletim já tinha sido gerado, às 19h, como é realizado diariamente. Os casos serão inseridos no boletim de amanhã (01).

O Estado registrou 44.361 notificações, 32.703 foram descartadas e ainda há 2.067 em análise no Laboratório Central de Mato Grosso do Sul (Lacen).

Com informações do Dourados News