Deputados pedem apoio das forças armadas para conter pandemia de coronavírus em MS

Pedidos foram para apoio em centro e triagem e construção de hospital de campanha

Dois deputados estaduais protocolaram pedidos para apoio das forças armadas no combate à pandemia do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul. Eles foram direcionados ao Governo do Estado e ao CMO (Comando Militar do Oeste).

Por meio de ofício protocolado nesta sexta-feira (31) junto ao comandante do Comando, General Fernando José Sant’Ana Soares e Silva, o deputado estadual Felipe Orro (PSDB) solicitou a instalação de hospital de campanha no Distrito de Taunay. No início do mês, o local foi palco de evento realizado pelo Executivo e, alguns dias depois, participantes começaram a testar positivo para a doença.

No ofício, Orro pede reforço na estrutura para combater a disseminação da doença. Conforme boletim da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Aquidauana já contabiliza 348 casos confirmados e 13 óbitos. “É necessária uma ação imediata para construção de Hospital de Campanha que atenda a população das comunidades indígenas. Nas aldeias do Distrito de Taunay, os casos positivos e óbitos por conta da Covid-19 estão em absurda ascensão”, comentou o parlamentar.

A preocupação com a disseminação entre as aldeias é ainda maior devido à pequena quantidade de respiradores no Hospital Regional de Aquidauana. São apenas quatro, para atender 10 leitos de CTI (Centro de Terapia Intensiva).

Além do pedido de Orro, o deputado estadual Antonio Vaz (Republicanos), que havia apresentado indicação pela instalação de centro de triagem para testes da Covid-19, reforçou pedido para apoio de militares atuando nesses locais. “A solicitação das forças armadas é necessária, pois nos últimos dias Mato Grosso do Sul, teve um aumento relativo nos casos do coronavírus no Estado. Diante disso é de suma importância esses testes rápidos e a ajuda de mais profissionais, para um tratamento precoce evitando que os sintomas se agravam”, argumentou. 

Com informações do Mídiamax